domingo, 1 de fevereiro de 2009

sem definições do que se trata!

E olhando pela janela de tudo que passou ainda pesam mais as coisas boas, mesmo que hoje façam mal. "O bem é o maior mal" por isso, hoje vejo que eu sou meu maior mal por isso devo viver apenas com ele e ele comigo. Chega de contagiar as pessoas com isso, chega de cair de imensuráveis alturas, chega de ter esperanças com qualquer coisa-situação, o lance está em ir atrás sem pensar, não pensarei mais, não criarei espectativas sob hipótese alguma - no fundó é uma coisa só!
olha esse sol... o calor ta matando, quanta coisa poderia ser feita como por exemplo assistir tv? Pois é minha mente está limitada, não consigo pensar em nada além dessa ressaca moral e física.
Me envergonho pela minha confusão de pensamentos e por atos tão sérios e decisivos, e isso ao mesmo tempo em que me orgulho de tudo isso.
Me acusam da coragem que nunca me faltou. O cansaço não me derruba, o mundo caótico? isso tanto faz... o coração? se quiser continuar batendo...beleza! Não sabendo ao certo em que, não vou pensar.
O fato é que adaptação talvez seja um lance que os outros tenham que fazer, não eu!! Egoísta sim, a vida já foi muito cruel comigo em pouco tempo de execução, não quero um oscar por isso nem caridade de ninguem, apenas respeito e consideração - palavras complexas de tão simples que me recuso a ensinar a quem quer que seja, a vida me explicou do pior modo como as coisas funcionam, hoje vou por em prática comigo mesma, já que poucos conseguem assim fazer.
Sonhos e pesadelos já não me assustam, medo e solidão também não, grana eu dou um jeito, ficar bem eu não quero mais, é 7 vezes pior depois do tempo em que o bem te faz mal.
Posso brincar com a loucura? Devo ser comediante ou qualquer coisa do gênero engraçado, já que tanta gente quer brincar comigo, um dia eu aprendo a fazer isso também. E, se eu mentir talvez me gostem mais, mas eu não gosto nada de multidões!

Eram planos e palavras...
Hoje são evidências e desilusões!

Vou dormir pra esquecer os planos dessa tarde! e pra esquecer o que não se pode ... jamais!
Loucura - seja bem vinda! Não há mais ninguém além de nós duas agora!
E vê se ao menos você fica!

4 comentários:

  1. nossa... adorei seu blog!!! parabens....
    gostei tanto que te indiquei p o selo que blog maneiro. da uma passadinha no meu blog e pegue seu presentinho.
    abraços

    ResponderExcluir
  2. A gente tem esses momentos, turbilhões, emoções e devaneios...
    Mas passam, e a gente cresce, amadurece e vive melhor.
    Beijos, boa semana!

    ResponderExcluir
  3. oque não mata fortalece né? tô sabendo! não me entrego assim tão fácil.

    ResponderExcluir
  4. A terra adormece no nevoeiro
    Tenho a pressa do vento
    Um coração errante procura
    A doçura de terno momento

    Frágil e palpitante luz
    A beleza voa com a manhã
    O mar solta na terra ternos murmúrios
    Perde-se na espuma toda a palavra vã


    Dança comigo ao som da Lira


    Boa semana


    Mágico beijo

    ResponderExcluir